Camisas de cilindro MAHLE: precisamente circulares

A MAHLE desenvolve e testa suas camisas de cilindro em estreita cooperação com todos os fabricantes internacionais de motores. Cada cliente tem um conjunto único de expectativas relacionadas ao tipo ou dureza da liga. Mas todas esperam que a MAHLE forneça manufatura precisa ao mesmo tempo em que atende a tolerâncias mínimas – e suas expectativas são atendidas, graças a colaboradores bem treinados, máquinas CNC e constante inspeção de qualidade na linha. O o mesmo vale para as oficinas de reparação do mercado de reposição.

As exigências impostas às nossas camisas de cilindros são difíceis

Camisas de cilindros estão expostas a temperaturas extremas, mudanças bruscas de pressão e atrito contínuo. O estresse aumente a cada nova geração de motores. Entretanto, as camisas de cilindro suportam estas condições porque a MAHLE as produz a partir de ferro cuidadosamente fundido e resfriado ou de ligas de alumínio. Para se certificar que elas sejam perfeitamente circulares, elas são submetidas a brunimento de extrema precisão. Isto torna a superfície tão lisa que o pistão e os anéis do pistão podem deslizar facilmente sobre a mesma. Mas a superfície ainda é áspera o suficiente para reter o óleo do motor e formar um perfeito filme lubrificante.

Os materiais dos quais as montagens (pistões e camisas de cilindros) são feitos

Materiais: para a segurança de pessoas, motores do do meio ambiente, somente o melhor

A MAHLE usa ligas fundidas de ferro e alumínio como materiais base para camisas de cilindros. O ferro fundido é misturado com fósforo e refinado com grafite lamelar. Outros elementos da liga podem incluir cromo, níquel, molibdênio ou manganês. Eles fortalecem a superfície e, assim, reduzem o atrito formando, por exemplo, bainita e perlita ultrafina.

Diferentes tipos de camisas de cilindros requerem materiais muito especiais. Por exemplo, algumas camisas são fundidas diretamente no bloco de alumínio do motor durante o processo da manufatura, enquanto outras são pressionadas para dentro de furos feitos no bloco. Outras, ainda, são inseridas no cárter com juntas de forma que possam ser banhadas pelo refrigerante. Finalmente, a MAHLE também fabrica cilindros aletados para motores refrigerados a ar.

Para cada aplicação é usada a liga ideal. Elas são fundidas em grandes moldes centrífugos e então resfriadas por meio de um processo definido com precisão. Os fundidos brutos são então enviados à primeira usinagem antes que sejam recozidos, por muitas horas, a 600 °C. Isto alivia o estresse no material e assegura que a microestrutura seja homogênea. Fabricantes baratos pulam o passo do recozimento, mas a MAHLE não corre o risco de distorção. A propósito: grandes camisas de cilindros, tais como aquelas destinadas aos motores gigantes usados em navios, precisam ser resfriadas por diversos dias depois da fundição centrífuga.

Uma olhada em nossa fundição